O novo estuprador de crianças da Rede Globo

Quando um cara estupra alguém é normal que seres humanos fiquem indignados. Ninguém normal ignora que estupro é uma das piores agressões que podem ser cometidas.

Ações como castração química ou física, assim como a pena de morte, são aceitáveis nesses casos e são poucas as pessoas que discordariam desta ideia.

Então!

A quatro anos algumas crianças foram estupradas por Pedro Henrique Araújo, atualmente com 34 anos de idade.

Quando lemos o seu processo no site do Tribunal de Justiça do Pará, descobrimos que Pedro Henrique Monteiro Araújo “estuprou três infantes do sexo masculino de 10 anos, 8 anos e 9 anos, aproveitando-se de sua autoridade como chefe dos escoteiros. Ele aliciava as crianças para com estas praticar atos sexuais, além de produzir vídeos e fotografias e divulgar na internet o material ilícito que realizava com os infantes”. O estuprador foi sentenciado a 54 anos de prisão pelos crimes e cumpriu 4 anos até o momento.


E já na cadeia ele descobriu que poderia reduzir a pena se começasse a estudar, e foi exatamente o que ele fez já que não tinha nenhum outro lugar para ir ou nenhuma criança para estuprar, filmar e colocar na internet.
E para tripudiar em cima de suas vítimas ele prestou vestibular para cinema. Sim, o cara que filmava crianças para colocar na internet resolveu que se formaria em cinema.
Então, este seria apenas mais um caso de um criminoso se fazendo de santinho para reduzir a pena em uma “justiça” que da mais valor para o bandido do que para a vítima.
Seria apenas mais um canalha se aproveitando de um benefício para tripudiar daqueles que sofreram por causa de suas ações.

Seria apenas um estuprador de crianças fazendo faculdade durante o tempo que está preso.
E ninguém daria importância. Pois ninguém se importa com o fato de um estuprador de crianças estar cursando uma faculdade. Isso é algo totalmente irrelevante.

Por isso, em uma situação de normalidade, ninguém daria a mínima pra esse caso.
Porém, não foi isso que aconteceu.
Logo veio o dedo da Rede Globo para glorificar mais um pedófilo. Sim, este veículo de mídia é obcecado pela ideia de abusar sexualmente de crianças. Eles não resistem e se aproveitam de qualquer oportunidade para elevar estupradores ao nível de heróis e, assim, tentarem convencer a população de que não tem nenhum problema abusar sexualmente de crianças.

Eles imediatamente tentaram passar a ideia de que passar em um vestibular seria algo especial que poderia redimi-lo de seu crime.

Percebem o quanto isso é bizarro?

Por qual motivo passar em um vestibular faria com que um bandido deixasse de ser um bandido?

E logo veio a página do irmão do Luciano Huck glorificar o pedófilo por ter passado em um vestibular como se passar em um vestibular tivesse alguma relevância e fizesse com que ele deixasse de ser um pedófilo:

Ou seja, para esses doentes o simples fato de um estuprador de crianças ter passado em um vestibular é suficiente para que soltemos ele e permitamos que ele mantenha contato com nossos filhos, porque, por algum motivo mágico do mundo dos unicórnios, ele deixou de ser um estuprador apenas porque passou em um vestibular.

É como se o pênis dele tivesse secado porque ele passou em um vestibular. Ou então os unicórnios tivessem jogado um feitiço de barreira que impedisse que seu pênis penetrasse em crianças apenas porque ele passou em um vestibular.

Reparem na frase bizarra que eles utilizam: Bandido bom é bandido recuperado e passando em primeiro na faculdade.

Meu Deus!

Qual é a relação entre passar em um vestibular e “estar recuperado”?

Por qual motivo alguém estaria recuperado apenas porque passou em um vestibular? Que sentido tem isso?

Então ele não vai mais conseguir colocar seu pênis em outra criança apenas porque ele passou em um vestibular?

Que pessoas doentes.

E outro detalhe nos chama a atenção nesta história.

Na primeira reportagem o G1 não especificou qual tinha sido o crime do “detento”. Eles ocultaram que o crime dele era o estupro de crianças e a produção de vídeos para a internet.

Eles apenas colocaram essa informação no texto depois que as pessoas começaram fazer ataques na internet.

Assim, com toda a cara de pau característica desses psicopatas, eles editaram o texto e colocaram este aviso:

Ou seja, se não fosse as informações divulgadas através da internet eles facilmente teriam levado esse psicopata para dar entrevista no Fantástico e relatar seu feito de passar em um vestibular. Algo que é totalmente irrelevante, mas que eles, por algum motivo bizarro que faz sentido somente pra eles, tentam colocar como algum tipo de vitória épica que secará seu pênis para que ele nunca mais estupre.

E tem mais!

O herói, que fez algo totalmente irrelevante, passou no vestibular com a ajuda de cotas raciais:

Sim! Este cara branco igual um copo de leite passou no vestibular com a ajuda de cotas raciais:

Em um primeiro momento ninguém daria importância para o fato dele ter passado em um vestibular. Ninguém, que tenha algo importante para fazer na vida, se importaria com o fato de um estuprador estar fazendo faculdade. Afinal, isso não tem a minima importância. Ninguém normal pensaria que esse cara pode ter contato com seus filhos apenas porque ele fez uma faculdade, pois faculdade nunca foi prova de que alguém não é um bandido.

Basta pesquisar na internet e veremos incontáveis casos de pessoas estudadas e ricas estuprando crianças. E, muitas vezes, eles fazem isso justamente porque ocupam uma posição melhor na sociedade. Ou seja, o fato desse estuprador de crianças fazer faculdade não significa absolutamente nada.

O que importa, no final, é que ele cumpra com seus 54 anos de cadeia. O que sabemos que não vai acontecer, pois em breve ele estará solto para continuar abusando de crianças. E isso vai acontecer, em grande parte, porque ele fez faculdade.

Porém, as pessoas acabam ficando confusas quando são apresentadas a esse tipo de reportagem porque elas ficam na duvida e, por um pequeno intervalo de tempo, muitos acabam levando em consideração a ideia de que este bandido teria se recuperado apenas porque fez uma faculdade.

Ultimamente está ficando cada vez mais claro a obsessão que estas pessoas da mídia tem por sexo com crianças. Não que isto esteja aumentando, pois, na verdade, está reduzindo. Os abusos sexuais contra crianças eram muito mais numerosos a algum tempo.

O que mudou foi o acesso a informação que facilitou as ações contra estes criminosos.

Atualmente estamos vendo todo o caos que está acontecendo em Hollywood por causa dos artistas que se utilizam de suas posições para abusar sexualmente de mulheres, homens e crianças. Muitos deles formados em cinema.

Porem, segundo o G1 e a página do irmão do Luciano Huck, o nosso pedófilo estaria recuperado apenas porque passou em um vestibular para cursar cinema.

Outro caso recente foi a exposição patrocinada pelo Ministério da Cultura onde levavam crianças para ver um vídeo de um homem ejaculando no rosto de outro homem.

Sim, isto é uma televisão exibindo um video de um homem que fica parado enquanto outro homem se masturba fora de visão. Até que, de repente, o jato de esperma atinge seu rosto.

É perfeitamente aceitável que a sociedade reclame do fato do Ministério da Cultura dar dinheiro para um cara gravar um vídeo de outro cara cara ejaculando em seu rosto e expor isso como se fosse arte.

E pior ainda, levar crianças para ver esse video.

As pessoas reclamaram, como é de se esperar. E o que aconteceu? Vários artistas da Globo dizendo que estavam sofrendo censura.

Eles chegaram a fazer um movimento para defender a exposição.

 

Isso mesmo, eles querem ejacular diante dos olhos de crianças e não querem que seus pais reclamem.

E o movimento foi liderado por Caetano Velozo que, quando tinha 40 anos de idade, fazia sexo com Paula Lavigne, que tinha 13 anos na época.

Percebem o que está acontecendo?

E a Globo não demorou para levar um grupo de artistas para defender a exposição. E foi necessário que uma senhora que nem sabe falar direito informasse a eles que “Eram apenas Crianças”.

Mas esses indivíduos são obcecados por sexo com crianças.

E novamente a Globo tem um novo pedófilo de estimação.

Não duvido que a Globo tome as dores do marginal e faça alguma reportagem pra tentar provar que ele se tornou uma pessoa confiável apenas porque passou em um vestibular.

E que podemos estuprar crianças sem nenhum problema desde que passemos em um vestibular depois.